5 dicas de segurança para proteger seu site WordPress contra hackers

Neste mundo moderno, a maioria dos usuários tem seus sites ou blogs WordPress. Quanto aos aspectos de segurança, a segurança do site é o fator mais importante. O site deve estar sempre disponível. Se possível, o tempo de atividade deve ser 100%. Deve-se cuidar diariamente. Recomendamos estes aspectos como um dever principal do dono do site.

Ora, esse é o principal motivo por trás do alvo do WordPress pelo hacker. A agenda principal dos hackers é hackear sites por alguma causa ou motivo. Por algum motivo, o webmaster deve tomar medidas imediatas para proteger seu site WordPress de hackers. Você deve sempre ter um plano de recuperação com efeito imediato.

Implementar técnicas de segurança do WordPress:

Em primeiro lugar, a maioria do webmaster não sabe como proteger seu WordPress do hacker em tempo real. É fundamental implementar algumas dicas e técnicas. É muito essencial implementar vários métodos e táticas de segurança para evitar tentativas de hacking do WordPress. A maioria dos usuários está usando vários métodos de segurança do nível básico ao avançado para proteger seu site WordPress.

Hoje em dia o hacker usa as técnicas mais avançadas para iniciar a fraude ou tentativa de hacking. Depois disso, nós sabemos quais hackers estão tentando encontrar várias maneiras de penetrar em seu site WordPress para uma tentativa de hacking bem-sucedida. Enquanto isso, precisamos proteger o site WordPress usando as cinco etapas que garantem que o hacking não aconteça em seu site WordPress.

Portanto, simplesmente descrevemos as cinco etapas para proteger seu WordPress de hackers para evitar a tentativa de hacking. Entendemos que nenhum site WordPress é 100% seguro. Mas depois de implementar essas técnicas, podemos diminuir as chances de risco de tentativa de hacking.

1. Implemente o protocolo HTTPS usando um certificado SSL no site do WordPress:

Quando o WordPress usa um protocolo inseguro como HTTP (Hyper Text Transfer Protocol), os dados são transmitidos entre o servidor e o cliente e são facilmente lidos por qualquer hacker ou usuário de terceiros. Seu site WordPress deve usar HTTPS, que usa certificados SSL (Secure Socket Layer). Isso protege seus dados usando criptografia que garante que ninguém possa capturar os dados durante a transmissão do servidor e do cliente.

Agora, os certificados SSL estão disponíveis para usuários gratuitamente, implementando Lets Encrypt SSL Certificates. A maior parte do fornecimento de hospedagem na web usa o Lets Encrypt SSL Certificates para fornecer SSL gratuitamente. O webmaster deve implementar o protocolo HTTPS em seu WordPress. Para que o navegador mostre um cadeado Verde que torna os seus dados seguros que estão a transmitir entre cliente e servidor. Como resultado, os clientes estão visitando seu site com confiança.

2. Proteja o site do WordPress contra tentativas gerais de hack:

Atualmente, mais sites estão contando com WordPress CMS (Content Management System) para facilitar o gerenciamento. A maioria dos sites WordPress é hackeada usando Tentativas Gerais de Hacking, que incluem vários ataques como SQL Injection Attack, Cross-Site Scripting Attack, Brute Force Attacks, DoS ou DDoS Attack, etc. Desta lista, alguns são descritos abaixo.

Ataque de injeção de SQL (Sql-Injection):

Em primeiro lugar, o CMS usa Bancos de Dados SQL (Structured Query Language) para salvar seus dados em seus bancos de dados. O hacker usa injeção SQL para recuperar dados dos bancos de dados. O ataque é conhecido como ataques de injeção de SQL que consistem em vários códigos maliciosos injetados em um banco de dados SQL vulnerável usando uma consulta.

Em segundo lugar, consiste em vários pedidos especialmente desenvolvidos usando algumas consultas, que são injetadas usando o site do WordPress para recuperar os dados do banco de dados. Este ataque pode ser mitigado com sucesso usando um firewall de aplicativo da web ou usando uma estrutura segura.

Ataque de script entre sites (XSS):

Também é conhecido como ataque XSS. Nesse ataque, o hacker usa códigos maliciosos que são inseridos diretamente em um site WordPress. Isso permite que um hacker execute os códigos arbitrários diretamente no site. Isso resulta na execução do código malicioso usando o navegador da web do usuário. Eles mostram os sintomas que o site WordPress hackeado. Este ataque pode ser mitigado com sucesso usando cabeçalhos de resposta apropriados.

Ataque de força bruta (Brute-Force):

Agora, o WordPress CMS, por padrão, usa a página de login, que é útil para o webmaster obter acesso à área de administração ou painel. O login para o WordPress exigimos credenciais para ter acesso ao site. Os ataques de força bruta consistem em ataques para quebrar as credenciais.

Isso usa várias combinações de senha até ser crackeado com sucesso. Uma vez que foi feito com sucesso, o hacker obteve as credenciais. O uso dessas credenciais inicia o login não autorizado no WordPress. Este ataque pode ser mitigado com sucesso usando uma senha forte.

Ataque DoS ou DDoS:

Agora, o ataque DoS (Denial of Service) ou DDoS (Distributed Denial of Service) é o ataque mais avançado. O ataque DoS ou DDoS usa tráfego falso para inundar o tráfego indesejado para o site WordPress. Este ataque consome facilmente todos os recursos disponíveis para o site WordPress.

Novamente, isso faz com que o site WordPress simplesmente fique offline até que o tráfego falso pare de chegar. A principal agenda desse tipo de ataque é deixar seu site offline. Assim, ninguém pode obter acesso ao site do WordPress. Este ataque será mitigado usando IP protegido DDoS e Módulo de Proteção.

3. Verifique regularmente o site do WordPress em busca de infecções por malware:

Novamente, é essencial ter um scanner anti-malware instalado em seu provedor de hospedagem na web. Verifique regularmente seu CMS do WordPress usando um scanner anti-malware. Esta é a lista de tarefas mais importante de um webmaster. A verificação regular dos arquivos do site do WordPress será útil para bloquear o malware detectado. Isso pode ser útil para remover a infecção permanentemente.

4. Atualize e faça backup regularmente do site do WordPress:

Quando qualquer configuração incorreta ou problemas de segurança surgem em seu site WordPress, o backup desempenha um papel muito importante. Enquanto protege seus dados e restaura o site WordPress em um estado normal. Para que os dados possam ser copiados em fontes seguras.

A atualização automática e os backups desempenham um papel importante para proteger os bancos de dados e arquivos do seu site WordPress. Se algo acontecer ao seu site WordPress, o backup estará disponível para recuperar o site WordPress o mais rápido possível.

5. Implementar monitoramento de sites e firewall de aplicativos da Web:

Por fim, o site WordPress deve ser monitorado por meio de uma sólida ferramenta de monitoramento em tempo real. Para que qualquer problema surja para o site assim que ele deve enviar os alertas para o webmaster. O monitoramento de sites WordPress é tão importante que você pode começar a monitorar seu site WordPress em um ambiente em tempo real.

Como existem vários firewalls de aplicativos da web disponíveis para proteger o seu site WordPress. Eles trabalham contra ataques maliciosos usando seu firewall habilitado para IA inteligente. Isso protege seu site WordPress em tempo real. Isso também mostra a análise ao vivo de seu tráfego bom e ruim em detalhes.

Conclusão:

Finalmente, ter uma ótima segurança do WordPress ajuda você a administrar seu site sem problemas. Durante as várias análises de correção, alguns problemas podem interromper sua segurança. A hospedagem segura atua como uma parte essencial da segurança de vários servidores e da rede.

Também é muito importante garantir que sua hospedagem na web esteja usando vários protocolos de segurança à primeira vista. Enquanto isso, o uso de um firewall de aplicativo da web protege automaticamente o tráfego do seu site WordPress em uma extensão maior. O mais importante é o planejamento da recuperação em qualquer evento de ocorrência de um incidente de segurança.

Compartilhe esse post:

Adicionar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.