Como corrigir e analisar o erro 500 interno do servidor em um site WordPress

Introdução

O código 500 Internal Server Error pode ser ambíguo ao manter uma instalação do WordPress, e problemas em PHP ou no servidor da web podem ser o culpado. Se você estiver recebendo um erro 500 em sua instalação do WordPress, este tutorial compartilhará soluções para ajudá-lo a identificar, resolver e verificar se as alterações feitas tiveram êxito em fazer com que seu site WordPress funcionasse sem problemas novamente.

Etapa 1 – Identificar e replicar o problema

Um código HTTP de erro interno do servidor indica que o servidor está tendo um problema, mas não pode ser específico sobre o tipo de problema. Usando esse conhecimento sobre o código 500 Internal Server Error, vamos dar uma olhada na mensagem de erro:

`HTTP Error 500 NGINX`

Para resolver esse problema, a primeira etapa é replicar e monitorar o erro. Se você ativou, alterou configurações ou atualizou um plug-in recentemente, é possível que o plug-in seja o culpado pelos seus problemas.

Desativando Plug-ins do WordPress

Você pode querer iniciar sua auditoria desabilitando seus plug-ins um por um e ver se isso muda alguma coisa.

Para desativar seus plug-ins temporariamente, navegue até o painel do WordPress e selecione Plug-ins. Em sua lista de plug-ins, localize o botão Desativar e selecione-o para iniciar o processo de desabilitação de seu plug-in. Repita este processo para cada plugin que você ativou.

Auditoria de registros do servidor web

Como mencionado antes, o 500 Erro Interno do Servidor em sites WordPress pode acontecer por uma ampla variedade de razões, todas relacionadas ao servidor de back-end. Auditar os logs do servidor da web pode ser uma prática útil para identificar o problema ou o que pode tê-lo causado em primeiro lugar.

Para auditar o registro do servidor, digite o seguinte na linha de comando:

tail -f /var/log/nginx/error.log

Após entrar, recarregue sua página atual do WordPress para ver se mais informações sobre o erro são exibidas.

Se você ainda não consegue identificar o código específico que está provocando esse erro, o problema pode vir de uma instalação incompatível ou danificada do WordPress ou do PHP no servidor. Na próxima etapa, você verá como atualizar o WordPress e o PHP para ter certeza de que não é isso que está causando o erro.

Etapa 2 – Atualizando sua instalação

Para garantir que o 500 Internal Server Error encontrado na instalação do WordPress não seja proveniente de uma instalação danificada ou incompatível do WordPress ou do PHP, você precisará verificar as versões atualmente instaladas e atualizá-las de acordo. Manter o servidor da web e a instalação do WordPress atualizados é uma boa prática de segurança e deve ser incorporada como uma tarefa de manutenção regular.

Atualizando WordPress

Quando você está tendo um erro 500 interno do servidor, pode ter acesso limitado ao seu site para atualizar o WordPress automaticamente. Se o erro não estiver impedindo você de acessar o painel de administração do WordPress, faça login no seu /wp-admin painel. Como o WordPress envia automaticamente notificações sobre novas atualizações disponíveis, pode haver uma notificação na parte superior do seu painel:

Se não houver notificação, você pode atualizar a instalação do WordPress visitando a seção Atualizações e selecionando Atualizar quando solicitado a atualizar o site do WordPress.

Após a atualização, vá para a Etapa 3 para testar o erro 500. Se você ainda estiver tendo o erro, volte a esta etapa para atualizar sua versão do PHP.

Atualizando PHP

Para atualizar sua versão do PHP na instalação do WordPress, você precisará verificar as etapas do seu provedor de hospedagem para acessar e atualizar a versão do PHP na sua instalação. Alguns provedores permitem atualizações por meio do cpanel, enquanto outros exigem atualizações em suas plataformas. Consulte a documentação do seu provedor de hospedagem para saber mais sobre como atualizar o PHP em sua instalação do WordPress.

Você também pode atualizar a instalação manualmente – saiba mais sobre esse processo e por que atualizar o PHP para sites WordPress é importante na documentação oficial do WordPress.

Depois de atualizar com sucesso a instalação do WordPress e / ou versão do PHP, é hora de passar para a Etapa 3 para testar se há erros.

Etapa 3 – Teste de erros

Para testar se há erros após atualizar sua instalação do WordPress e / ou versão do PHP, tente acessar seu domínio.

Se você encontrar o erro 500 novamente e tiver atualizado com sucesso sua versão do PHP, bem como sua instalação do WordPress, você precisará verificar com seu provedor de hospedagem para se aprofundar nos problemas com seu servidor que podem existir além do seu site.

Se você resolveu com sucesso o erro 500, também terá atualizado sua instalação para prevenir erros comuns e vulnerabilidades de segurança. É uma boa prática manter a instalação do WordPress e as versões do PHP atualizadas por esse motivo e pode evitar a ocorrência de 500 erros no futuro.

Conclusão

Neste tutorial, realizamos com sucesso a solução de um erro 500 em uma instalação do WordPress, comumente ocorrido quando a instalação do WordPress ou a versão do PHP está danificada ou desatualizada.

Compartilhe esse post:

Adicionar Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.